quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Esse sou eu


Sou um homem cheio de sonhos
Sou sensível de coração forte
Sou igual a todo mundo
Mas tenho o meu mundo
Meu mundo sou eu
E as descobertas do corpo, alma, coração
Porque a vida não para
E viver é experimentar
Se eu puder amar
Se eu puder me entregar
Se a vontade vir do coração
Tudo faz sem sentido
Tudo tem razão
Se isso acontecer
Vou te devorar com todo meu amor
E não vou me arrepender
Nada será vão
Se o amor brotar e florescer no meu coração.

2 comentários:

Wilder Patric disse...

Hi!

I work on internet and while I was surfing on it I found this blog. Well, right now I can't dedicate my time reading it, but it seems veeeeeeeery veeeery good. I love poetry, I love nature. I will come back to read all of your posts. Be sure of it!

Great picture is that, the first on this page. If I'm not wrong, is it Rio de Janeiro?

Big hug and Congratulations!

bye!

Dani Nani disse...

Adorei o poema, e a foto! Sorrizãooo!!! Saudade!!! Bjsssssss